Archive

Archive for the ‘laser’ Category

Branqueamento Dentario a Laser: saiba como funciona!

June 10th, 2009

O método mais comum de branqueamento dentário é o que é efectuado no dentista, isto é, o branqueamento onde é usado laser. Como havíamos dito o branqueamento dentário é no fundo um simples processo de clareamento dos dentes, mas uma dúvida pode persistir: e o que é afinal o laser de que se fala no branqueamento dentário? Saiba tudo neste artigo.

laser-branqueamento2Começando por lhe dar o enquadramento correcto, este “laser” não é mais que um feixe de luz que o dentista faz incidir no gel branqueador que cobre a sua dentição para acelerar o processo de branqueamento. Não lhe podemos garantir o porquê do uso do termo “laser”, talvez por se tratar de um feixe de luz colorido (algo parecido com um laser), dentistas e pacientes tenham começado a usar esse termo. Mas, na realidade, o uso do termo laser é errado. Seria impensável utilizar um laser como o entendemos num branqueamento dentário, senão leia a referência ao laser na Wikipédia.

Porque razão o seu dentista usa um “laser” no branqueamento?

Simples, tal como foi dito acima, para acelerar o processo de branqueamento dentário. Senão como acha que numa hora apenas se conseguem obter sorrisos tão esplendorosos?

laser-branqueamento3Mas, como funciona? Também é simples, o feixe de luz incide sobre o gel e as partículas que o constituem penetram mais rapidamente no interior do dente e fazem “o seu trabalho” mais rapidamente. Isto é, devolvem uma cor mais branca ao dente.

O gel que o seu dentista utiliza, seja qual for a marca, tem uma composição química devidamente preparada para reagir após a incidência dessa luz especial (mais abaixo diremos que tipo de luz é esta afinal). De marca para marca o gel branqueador é diferente em termos químicos, por esse motivo, nem todos os dentistas usam o mesmo tipo de feixe de luz para branquear os dentes, tudo depende da marca do gel com que trabalham (BrightSmile, Zoom, são exemplos de alguns kits de branqueamento usados pelos dentistas).

Laser, feixe de luz, luz especial…Isso é confuso e parece perigoso!

Não era suposto ser confuso! Todos estes termos designam a mesma coisa. Uma dica, se for fazer um branqueamento dentário a “laser” e o dentista usar o termo laser, sempre o pode ajudar dizendo que não se trata de nenhum laser, mas sim de uma luz que activa o gel branqueador.

Aprofundemos mais a questão do laser. Ora, há vários tipos de luz que são usados no branqueamento dentário: luz halogénea; luz de plasma;  luz “arco” de plasma. Nos Estados Unidos é comum chamar “biolaser” à luz usada no branqueamento.

Quando à perigosidade, para sermos francos ela existe. E só há problemas de lábios inchados, gengivas feridas, ou pele irritada se o seu dentista tiver cometido um erro muito grave, o que diga-se é muito invulgar, mas não é impossível de acontecer. Portanto, peça ao seu dentista para ter especial cuidado nesta intervenção. Se não sentir confiança no médico, escolha outro. Ou, se a meio do branqueamento sentir dor ou desconforto, chame de imediato a atenção ao dentista.

Nem todos os kits requerem o uso de laser

Se eventualmente decidir fazer um branqueamento dentário a laser numa clínica dentária, alertamo-lo desde já que há alguns kits que não necessitam que o dentista faça incidir sobre o gel branqueador qualquer tipo de luz.

Não estranhe portanto se no dentista que escolheu para lhe dar um novo sorriso, este não usar qualquer tipo de luz. Certifique-se no entanto que este lhe explica o porquê de não usar o dito laser. Se o kit for mais eficaz, melhor ainda afinal o feixe de luz é sempre incómodo. Quanto mais não seja porque o obriga a ficar de boca aberta durante pelo menos uma hora!

Agora já sabe como funciona o branqueamento dentário a laser. Tem algo a acrescentar? Comente!

Author: Categories: laser Tags: